domingo, 31 de janeiro de 2016

Projeto para 2016

Neste mês, esse blog completou três anos.

E o mês finda com um o início de um novo projeto: Voltar a árvore genealógica do início, anexando fontes e verificando dados.




Esse projeto pode ser um desafio para quem está adiantando, mas é extremamente necessário.
É também o melhor conselho para quem está começando agora, para poupar esse trabalho mais tarde.

Sobre esse tema é comum lermos o seguinte: "Genealogy without Proof is Mythology", e variantes que tem o mesmo significado: "Genealogia sem fontes é Mitologia".


...



Info: Ilustração fotográfica pela autora.




quinta-feira, 28 de janeiro de 2016

5 dicas para viagem Genealógica à Itália

Os genealogistas adoram o combo Turismo+Genealogia e se você está planejando seguir essa combinação, essa postagem pode ser do seu interesse.


1. Atente para a região a ser visitada/pesquisada.

A Itália é cheia de comunas: Comuna é a unidade básica de organização territorial da Itália e não é exatamente como os municípios brasileiros. As comunas podem ser cidadezinhas bem pequenas.

Então se você tem conhecimento que seus antepassados vieram de Gênova ou de Módena saiba que isso não significa muita coisa: Gênova tem 67 comunas em uma área de 243 km² e Módena tem 47 comunas em uma área de 182 km².


Procurar a esmo é literalmente como tentar achar uma agulha em um palheiro.


2. Como está o seu italiano?

Com o inglês dá pra se virar no mundo todo, certo?!
#Só que não

No interior da Itália, mímica ajuda mais que inglês, por isso se non parla italiano, essere pronti a non capire nulla.

3. Como está a sua sorte?


Assim como aqui no Brasil, não há uniformidade nos cartórios e paróquias. Você pode ser super bem tratado pelo simpático responsável pela casa paroquial de Pomponesco e tratado de forma ríspida pelo pároco de Dosolo.

O povo nos cartórios costuma ser educado, mas de novo, inglês não é o idioma universal e a barreira do idioma é realmente um obstáculo.


4. Programe-se.

Há lugares que não abrem em determinados dias da semana. Fique atento.


5. Enquanto isso...

Enquanto se prepara para viajar juntando centenas de reais para trocar por dezenas de euros (Câmbio cruel esse...), que tal ler esse artigo sobre escrever cartas para as províncias italianas ou tentar aprender italiano online?

...

Info:  A autora não parla italiano. 
Fotos e informações  dessa postagem são cortesia do genealogista Marcos Nolli e foram feitas na comuna de Mantova (Pomponesco, Corrégio Verde e Dosolo) em meados de junho de 2015. 

Dados e informações complementares sobre viagem genealógica à Itália colhidas em conversa com a senhora Maria Aparecida Veronezi.



quarta-feira, 20 de janeiro de 2016

Família Rodrigues

Novo Brasão na página de Heráldica:


Rodrigues é um sobrenome de família da onomástica da língua portuguesa. Sua origem é patronímica, significando "filho de Rodrigo";  por sua vez vem dos idiomas germânicos, sendo rod "famoso" e rico "senhor", significando assim "o senhor famoso". Em Portugal conhecem-se três brasões diferentes relativos a este apelido, pelo que é certo que há inúmeras famílias que o adotaram sem existirem os menores laços consanguíneos entre elas.

O sobrenome Rodrigues foi um dos adotados por judeus, já que o sobrenome lhes permitia o anonimato devido a grande variedade de famílias que usavam o sobrenome Rodrigues.

Existem variantes do brasão. sendo aqui retratada a versão portuguesa: Um brasão cortado de ouro com cinco flores-de-lis e uma vazia de ouro sobre o vermelho.

Para saber mais:



...

Info: Brasão vetorizado  pela autora. Uso livre não comercial.




domingo, 10 de janeiro de 2016

Livros de Genealogia Familiar


Os livros de genealogia são uma fonte interessante para pesquisas e claro que encontrar um desses é o sonho de consumo de todo genealogista. 


Livro contendo a genealogia dos Godóis

Em geral, são publicados de forma independente e podem ser pesquisados em sebos.
Obviamente não há garantias de haver dados somente em função de ser o mesmo sobrenome.

O valor praticado varia imensamente, dependendo da raridade, conservação e avaliação do vendedor.

O advento dos sebos virtuais integrados ajuda muito na pesquisa desse tipo de publicação.

Alguns Exemplos: Família Ferreira Gonçalves /Família Barbosa de Lucena, Teixeira e MarFamília Kunzler & Kuntzler/ Família Mascarenhas/ Família Franceschi/ Genealogia Paranense/ Família Frisanco/ Família Cintra/ Família Ribeiro/ Família Pereira/ Família Resende/ Família Bernardes & Itamaraty/

...

Info: Foto feita pela autora com autorização de Davi W. Pereira, proprietário do livro, no evento "Dia da descoberta" realizado em BH no final de 2015.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...